A Santidade é Graça

A santidade se apresenta em tudo que foi criado em Cristo (cf. Cl 1,15-20), ainda que esta se apresente eclipsada pelo “pecado” presente no mundo. Quando digo pecado, estou me referindo a uma fragilidade humana que todos temos, pois somos vasos de barro e nossa liberdade é uma liberdade limitada pelo contexto em que estamos inseridos. Então, o que devemos fazer é nos orientar pela lógica do amor de Cristo e não pela lógica das sociedades. Porém, como possuímos uma fragilidade inerente a nossa condição de criatura, nem sempre o conseguimos, por isso em Cristo somos pecadores remidos (cf. Rm 3,23-24). E como o projeto de salvação de Jesus Cristo é universal, logo, ofertado para todos e todas, sem nenhuma exceção, todos somos santos e pecadores: justos e injustos, bons e maus, crentes e não crentes (cf. Mt 5,45). . . . → Leia mais: A Santidade é Graça